quinta-feira, 5 de maio de 2011

NADA É POR ACASO... O ACASO É RESULTADO DO SEU DESCASO

   Nada é por acaso...     já parou para pensar no alcance que esta frase tem? Antes de mais nada, pense em tudo o que ela pode "justificar" em sua vida, isso mesmo, justificar.

   Sempre que acontece algo que nos agrada ou não, ou que torna-se impossível não notar em nosso caminho, justificamos dizendo que nada é por acaso. E realmente, nada é por acaso. (Não dizem que você é responsável por aquilo que cultiva? Ou que você colhe o que você planta? )

  Caminhos se cruzam, histórias de vida correm em paralelo e saber reconhecer e manter em paralelo o que interessa é para poucos, nem todos entendem que mesmo que não se cruzem, todos acabamos influenciando a vida de quem nos acompanha, ainda que involuntariamente. É o mesmo principio da Teoria do Caos (Edward Lorenz 1963 com o exemplo das borboletas), se todos caminhássemos dentro da agua um ao lado do outro, notaríamos que pequenas ondas estariam se propagando lateralmente, estas ondas acabariam por chocar-se com as provocadas pela pessoa que caminha ao seu lado.

   Estas ondas poderiam muito bem ser comparadas a eventos diários e suas consequências, seriam as relações interpessoais.

   Por este motivo, nada é por acaso... se você não nota o alcance das suas atitudes (o alcance das ondas que provoca), os resultados certamente irão surpreendê-lo, mas não serão obra do acaso, e sim do seu descaso.

  Todos estamos interligados de alguma maneira, talvez por 6º (seis graus) de separação como dizem, e isso tudo nos afeta, pois nem sempre os caminhos correm em paralelo, eles podem cruzar-se ou não, podem ficar distantes... tudo vai depender de como você se relaciona, e como se comporta em relação aos que te cercam e a maneira como conduz a sua "linha".

  Não credite tudo o que te acontece ao "acaso", ao "destino", todas as ações provocam reações... é básico, é funcional, é real. Palavras, gestos, atitudes... tudo tem seu preço, cada qual tem seu alcance, e é impossível imaginar ou tentar advinhar a reação de alguém, cada ser humano é único inclusive em suas reações, no fundo somos todos imprevisíveis.

  Amores, amizades, trabalho... tudo isso decorre de uma série de fatores, são as dicas que a vida apresenta,  mas sempre em resposta as suas ações e reações, por isso eu digo sempre que é preciso prestar atenção aos sinais. Claro muita coisa pode passar despercebida, neste caso até pode parecer uma surpresa, mas pode muito bem ser o desdobramento de suas atitudes lá atrás que repercutem agora.

  Não adianta estender um assunto que tem tantas variáveis, mas quem me conhece já leu esta minha frase... "NADA É POR ACASO, O ACASO É RESULTADO DO SEU DESCASO... PRESTE ATENÇÃO AOS SINAIS", deduz-se então que o acaso é a falta de atenção ao sinais, sejam eles de alerta ou não.

o caminho está repleto de "faróis"... ou sinais... 



  A vida nos observa, vamos observá-la também... não é preciso parar para isso, basta olhar para os lados, para frente... lembrar do passado como uma lição e ter a certeza de que as vidas em paralelo que te acompanham não estão ali por acaso.

  Lembre-se...  nada é por acaso...   nem você aí parado lendo este texto.  


  Nossos caminhos cruzaram-se ao acaso ou por acaso? (risos) Com certeza vamos descobrir...                    sinais, não os ignore.

Um comentário:

  1. Realmente NADA É POR ACASO!!! Adoro o que você escreve. Parabéns. Bjs

    ResponderExcluir

Seu comentário faz parte da evolução de todos nós, critique, brigue comigo, concorde, discorde, estou aqui para aprender...