sábado, 3 de fevereiro de 2018

CARNAVAL... PEGAÇÃO OU PREGAÇÃO ?

Ph... ácido!

Carnaval... tá.

E o restante do ano ?


1º-Quem me conhece sabe que não sou machista, então "chororô" e "mimimi" não cola !

2º-Quando cutuco a ferida, cutuco de todos os lados, então senta que lá vem o textão que certamente vai incomodar.

É isso mesmo, um "textão", que tenho certeza ao ser lido, vai fazer você pensar " Ahhh fulana(o) deveria ler isso!".
" Não tem como saber quem é quem, sem ouvir, observar, conhecer, as máscaras caem diante de quem é de verdade, diante da maturidade ".

Certo, então a campanha do "não é não!" está nas ruas, perfeito e apoiado !

Mas sejamos francos, sinceros... tem homem que assedia e mulher também, inegável, pois tem gente que acha isso "moderno" ( que fique bem claro, existe sim uma diferença entre ser conservador e ser machista, só mau intencionados(as) não veem ), eu considero apenas incômodo ou "chato" quando extrapola certos limites.


É sexy uma mulher que diz o que quer ? Sim... com certeza, mas tem hora, lugar e meios para isso, quem chega querendo... "causar", realmente causa... uma péssima impressão, principalmente naqueles que tem uma certa maturidade ou discernimento, e que passaram da fase da quantidade, e admiram mais a qualidade.

E quanto aos caras "chatos" ? Claro que são esmagadora maioria, envoltos no machismo que os faz pensar "carnaval chegando vou pegar geral", ou então, que passam o ano de olho em toda e qualquer oportunidade de "pegar" alguém.


Nada mais chato do que aquele cara que espera a menina passar, pega pelo braço e fica insistitndo em "conversar", insistindo naquele papo de "deixa eu te conhecer"... à meu ver o assédio começa quando após receber um "não", o cara insiste, fica seguindo, encarando, "pegando", puxando assunto, quando na verdade não há assunto alí, afinal, os dois sabem o que é isso,e quando a insistência passa do limite, quem vai dizer " era só para fazer amizade?", Nem na cracolândia no meio da maior nóia caíriam nessa.

Tem "mulheres" que gostam, que se sentem desejadas, que se acham no topo da cadeia alimentar local, mas que não percebem que na cadeia alimentar alí, naquele momento e circunstância são parte do buffet.

E tem as mulheres de verdade, que se abordadas com educação, e quando proporcionam a abertura, deixam falar, já "sacam" em poucos minutos qual a real intenção,e qual o tipo que está alí.


E aí... para a mulher de verdade... "NÃO É NÃO!" respeite Zé Roela, aliás respeite todas! Pois mesmo as que se deixaram levar pelo papinho, tem todo o direito de mudar de idéia no meio do caminho... fica a dica .

Mas e para aquelas que ficam com as amigas, admirando aqueles que estão dentro dos padrões das revistas de adolescentes, ou que lembram o cara do filme, que estão dentro do padrão... "fitness" ( nada contra, mas transformar em base para qualquer coisa a embalagem... hum... ), e que buscam a aprovação da torcida, bem estas entram no "meme" do quadro abaixo, se o Brad Pitt pega pelo braço... é cantada, se um cara digamos... "normal" chegar perto e fizer o mesmo... pronto! 
Assédio e se o cara peguntar o nome corre o risco de ser taxado de algo pior.

Quem nunca viu isso que atire o primeiro frasco de óleo de peroba. ( cara de pau )

Dica para os amigos.

Ela chamou a sua atenção ? Parece ser interessante ? Não faz questão de "causar", é discreta, não precisa rir alto, gritar, agir como adolescente arrastando as amigas pelo páteo da escola para cochichar, enfim... após observar tudo isso, observar como ela se desvencilhou dos "grudentos" sem noção, aproxime-se.

1º Não toque... ela não é touch screen.

2º Mesmo se o lugar for barulhento evite colar no ouvido dela para falar.

3º Não ignore as amigas dela, isso é falta de educação.

4º Se ela aceitar a sua aproximação e começar uma conversa, evite ficar olhando as outras que passam, ou ficar acenando para todo lado, está interessado ? Demonstre.


Nem tudo é "SIM" ou "NÃO", nada daquele "vai lá... 50% você já tem, é sim ou não".

Se você é adepto da qualidade, vai observar aqueles pontos que citei acima, e certamente não saiu de casa pensando "hoje eu vou me dar bem... " porque quem sai de casa pensando assim, jamais vai notar uma mulher de verdade e muito menos saber lidar com uma.

MULHERES.

Lembrem-se, nem todos são iguais ( quem diz que são deve ter experimentado muito hein?! )! 

Dedo podre ? Sendo bem sincero não deveria ser considerado assim, afinal, errar é humano, mas repetir o erro... significa que quem está errando é quem reclama do dedo podre, talvez seja a hora de rever conceitos, quem sabe ? 


Eu... depois de um tempo "pulo" o carnaval, ou seja... fico na minha da sexta feira até a quinta feira pós cinzas, mas para quem vai pular no carnaval, respeito, leveza, bom senso, porque amor de carnaval sobe a serra, desce, floresce... quem sabe ?

E lembre-se "NÃO é NÃO!".